sábado, 13 de outubro de 2018

que sensações o cotidiano, na cafeteria, folheando bem viver, ah, que delícia, esquina-cone que trafega gentes, navios, pressas e devaneios

terça-feira, 2 de outubro de 2018

À cause d'une bonne adresse, je traverserais toute une ville, un pays, le monde...!

domingo, 26 de agosto de 2018

Origens remotas
Sair no risco, pisar o piso, da passarela nela falta pés em conluio com a terra, o solo vivo, tenro, históricas origens aletradas em tão passado barro.
Dizer daquilo que moro.
Da morada torna-se pertencente.
Habitar uma estória contada.
Toda a mata tem ouvidos. O que ecoa lá não é deste mundo não.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Ventos. Mar Mediterrâneo.

Os oito ventos clássicos na bacia do Mar Mediterrâneo são os seguintes:
- Tramontana – vento de norte, afuracanado, muito frio e seco. O nome é italiano, com o significado de norte ou de estrela polar, com origem no latim transmontanus.
- Gregal – vento de nordeste, frio e intenso, que sopra da Grécia. O nome provém do italiano grecale, por referência à ilha grega de Zaquintos ou Zante.
- Levante – vento de leste, tipicamente estival no Mediterrâneo central. Também chamado euro. Na costa algarvia, o levante é o vento que se faz sentir das direções de leste e sueste, oriundo do Estreito de Gibraltar e costa leste de Espanha.
- Siroco / Sirocco – vento de sudeste, muito seco e muito quente com origem no Saara. Em Portugal continental é conhecido como suão, ou sulano, e na Madeira como leste.
- Austro / Ostro – vento de sul, fraco. Conhecido também como mezzogiorno em Itália.
- Libeccio / Áfrico – vento de sudoeste, húmido e violento; também chamado ábrego. Temido por provocar mau estado do mar e chuvas muito intensas. A palavra italiana libeccio tem origem latina e grega, com o significado original de líbio.
- Ponente / Poente – vento de oeste, tipicamente estival. Também chamado Zéfiro, o vento brando, suave, quente e agradável.
- Mistral – vento de noroeste, frio, seco e muito violento, canalizado pelo vale do Ródano; sopra no fim do inverno. Semelhante ao bora do Mar Adriático. O nome tem origem no occitano do Languedoc, com o significado de magistral. Tem nomes com o mesmo significado noutras línguas, como por exemplo maestrale em italiano, mestral em catalão, majjistral em maltês ou bentu maestru na Sardenha.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

"Quando uma criança compreende que nossos irmãos animais não são brinquedos
E considera a vida deles tão valiosa quanto a sua própria
Isso nos dá esperança."
(Julio Vicuna)

Compaixão por animais vira matéria em escolas púbicas e privadas na Índia


quarta-feira, 15 de agosto de 2018


Sim... tenho prazer em criar blogs, aliás lá em 2010. Desde sempre fazendo anotações e anotações em todos os lugares, escrevendo, lendo. Nada mudou com o advento do blog, mas isso de elaborar e escrever e ilustrar livremente acho verdadeiramente um prazer, e congrego algo nesse almanaque virtual. Conforma-se à minha liberdade!

terça-feira, 14 de agosto de 2018

📝🍇🍷 • escritos beirando o alimento, colheita de ideias, enliabradas, endiabradas em livros, liar solitudes... 💫 📚 🍃